BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

10 estatísticas de segurança da informação que as empresas devem ficar de olho

Para ser capaz de proteger seus sistemas e dados corporativos, as empresas devem acompanhar as tendências de mercado sobre cibersegurança.

 

O tema segurança da informação é cada vez essencial para garantir a continuidade dos negócios de uma empresa. Tornou-se necessário desenvolver políticas internas direcionadas a proteção de dados e adotar medidas preventivas para garantir que os usuários utilizem corretamente seus acessos aos sistemas.

Isso é fundamental pois o número de ciberataques tem aumentado de forma acelerada. Por exemplo, desde o início da pandemia do coronavírus, empresas de cibersegurança registraram mais de 24 milhões de tentativas de golpe utilizando a doença como isca.

Portanto é necessário buscar alternativas de proteção virtual atuais para assegurar que os sistemas e dados das empresas estejam sempre seguros. Mas para isso, as organizações devem acompanhar todas as tendências e estatísticas sobre segurança da informação que surgem no mercado. 

Pensando nisso, preparamos o infográfico a seguir a partir das análises do Gartner e entrevista realizada pela empresa GetApp com as principais estatísticas que as empresas devem ficar de olho. Não perca!

 

10 estatísticas de segurança da informação que as empresas devem ficar de olho

 

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

3 tendências emergentes de ameaças cibernéticas para os próximos anos

O número de ameaças cibernéticas está crescendo consideravelmente. Veja quais são as tendências para o futuro: 

O que esperar para o futuro da segurança de rede e como se preparar?

Em meio a tantos desafios, o que as empresas devem esperar para o futuro da segurança de rede? Descubra no artigo de hoje!  

Seis mitos que se tornaram desafios de segurança para as empresas

A transformação digital vem se acelerando. A computação em nuvem e as exigências do trabalho remoto, que a pandemia evidenciou e tornou mais críticas e urgentes, levam a um cenário em que a segurança desponta como a principal questão para a TI nas empresas.