<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

BLOG SYNNEX WESTCON-COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

O que é SaaS, PaaS e IaaS?

Conheça as camadas que dão suporte ao Cloud Computing e como elas funcionam em conjunto.

Como já vimos no post “O que é Cloud Computing?”, a Computação em Nuvem permite acessar um conjunto de recursos, soluções e aplicativos armazenados em um servidor online. Através de uma conexão de Internet é possível criar, editar e compartilhar arquivos, gerenciar serviços, infraestrutura e capacidade de armazenamento, facilitando os processos de trabalho e aumentando a produtividade no ambiente corporativo.

Para que a Computação em Nuvem funcione adequadamente, algumas estruturas são essenciais. Confira abaixo as 3 camadas principais da Cloud Computing:

piramide blog resized 600

IaaS (Infrastructure as a Service)

O IaaS é a camada básica e estrutural para o funcionamento da Cloud Computing. Ela representa toda a parte física como servidores, Data Centers, hardwares e equipamentos de energia e refrigeração, que possibilitam o armazenamento e a transmissão de dados e aplicações de forma rápida por meio da Internet. É ela que garante o funcionamento do serviço e permite que a plataforma trabalhe na criação do sistema a ser utilizado.

A infraestrutura pode ser alocada tanto dentro da empresa, exigindo a implementação dos hardwares necessários para o processo, como fora dela, em provedores terceirizados que podem estar localizados até mesmo em outros países. Como a tecnologia funciona através do uso da Internet, o provedor fornece todo serviço remotamente, desde a Infraestrutura até a aplicação final usada na empresa.

Toda essa atividade é coordenada por profissionais denominados arquitetos de infraestrutura, que organizam e dão manutenção para que o serviço funcione com qualidade e eficiência.


PaaS (Platform as a Service)

A segunda camada é o PaaS, também denominada Plataforma como Serviço. Essa camada é mais utilizada pelos desenvolvedores de aplicações pois com base no IaaS eles criam soluções e recursos necessários para armazenamento, organização de banco de dados, escalabilidade, suporte de segurança, sistemas operacionais ou novas linguagens de programação.

Podemos dizer que os profissionais que trabalham com o PaaS criam todo o sistema que será utilizado pelo Software para seu funcionamento. Essa união das duas primeiras camadas possibilita um acesso mais regular e estruturado à camada seguinte, o SaaS.

Quero conhecer

SaaS (Software as a Service)

A última camada da Computação em Nuvem, e mais conhecida, é o SaaS. Isso se deve ao fato de que aplicações populares como Gmail, Google Drive, Facebook, Internet Banking, Netflix e tantas outras, estão alocadas nessa camada.
Ela funciona como um modelo de distribuição de software no qual aplicações são hospedadas por um provedor de serviços e disponibilizadas através da Internet, não sendo necessária a instalação direta em máquinas dos clientes. Além disso, o SaaS possibilita que o funcionário da empresa acesse informações e documentos do servidor corporativo remotamente desde que tenha uma conexão de Internet.

grafico blog resized 600 

Cada uma dessas camadas têm igual importância para o funcionamento da Computação em Nuvem. Quando são utilizadas em conjunto e de forma coerente, trazem uma série de benefícios à empresa como aumento da produtividade, escalabilidade, flexibilidade, entre outros.

 

Posts relacionados

7 mitos e verdades sobre a computação em nuvem

É um caminho sem volta: a computação em nuvem tornou-se uma das estruturas de TI mais utilizadas por empresas que trilham o caminho para a transformação digital nos últimos anos. Para especialistas, trata-se da grande aceleradora da inovação atualmente.

Quais os benefícios da Nuvem pública para cargas de trabalho locais?

Prestar atenção nos benefícios da Nuvem pública para carga de trabalho pode fazer toda a diferença para o negócio do seu cliente! 

Como modernizar a gestão de TI com a Nuvem?

Entenda como essa tecnologia pode facilitar o gerenciamento de recursos das empresas. 

Escreva seu comentário