BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

Computação cognitiva e Inteligência Artificial: como se relacionam?

A tecnologia cognitiva, assim como a IA tem como intuito entregar os melhores resultados, aproximando do pensamento humano.

Computação Cognitiva e Inteligência Artificial caminham juntas, mas não possuem o mesmo significado. Muitos confundem os termos e acreditam que elas agem da mesma maneira, o que não é verdade.

É comum a confusão, mas é preciso diferenciar as tecnologias e suas funções. As aplicações se correlacionam, mas ambas possuem funcionalidades e intenções diferentes, incluindo o jeito de “pensar”.

Antes de saber como elas se relacionam, conheça cada tecnologia e suas principais aquisições.

O que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial é uma área da Computação que estuda como fazer os computadores realizarem coisas que, no momento, as pessoas fazem melhor.

Neste caso, a ferramenta utilizada precisa ser realmente “inteligente” para realizar atividades que pessoais, como no caso do comando de voz nos Smartphones. O sistema recebe uma ordem e ativa os comandos, entregando as melhores informações ao usuário.

Pode se dizer que a IA possui:

  • Simulação de sentidos humanos: visão, audição, olfato, paladar e tato.
  • Simulação de aprendizado e processamento: aprendizado profundo, aprendizado de máquina.
  • Simulações de respostas humanas: robótica.

Esta tecnologia é programada para agir como um humano: aprendendo, decidindo e se autocorrigindo.

Pode-se dizer que a IA faz parte da interface do Machine Learning, onde o sistema é programado para receber uma fonte de dados, cruzar as informações e obter respostas por meio das aquisições.

Ou seja, a IA é programada para agir de acordo com as informações recebidas.

Conheça o K•NOW!

Diferente do que muitos pensam, a Inteligência Artificial não é apenas aquela vista nos filmes de ficção, onde são representados por robôs e megamáquinas, muito pelo contrário.

Prova disso é que há muita IA em nosso dia a dia, como a SIRI (assistente inteligente), Alexa (assistente de voz digital da Amazon), canais de Streaming que utilizam robôs inteligentes para rastrear o comportamento do cliente e indicar filmes e séries de acordo com a experiência do usuário.

Estes exemplos mostram que a tecnologia inteligente já faz parte de nossa sociedade e é muito utilizada.

O que é Computação Cognitiva?

Para entender sobre a tecnologia cognitiva é preciso entender o seu conceito. A palavra cognitiva refere-se ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. Adaptando-a para o termo tecnológico, pode-se concluir que é o ato da tecnologia pensar e aprender.

Com isso, o termo Computação Cognitiva é a capacidade de a tecnologia processar, pensar e distribuir as informações necessárias quando preciso, utilizando dados nem sempre perfeitos.

Assim como a IA, a Computação Cognitiva também é programada para aprender, porém com um raciocínio muito mais lógico e eficaz, se comparando até com os humanos.

Esta tecnologia é imprescindível para que as máquinas consigam executar tarefas complexas, como por exemplo, um diagnóstico médico por meio de uma fonte de dados não tão perfeitos.

Mas afinal, como se relacionam a IA e a Computação Cognitiva?

Tendo em vista que ambas as tecnologias utilizam da aplicabilidade do Machine Learning, é preciso entender de qual forma as máquinas aprendem.

Por sua vez, a Inteligência Artificial é programada para aprender com uma grande quantidade de dados, onde cruza as informações obtidas a fim de chegar a uma resposta. Além disso, seu sistema precisa manter-se atualizado para não ficar obsoleto.

Um exemplo que foi citado anteriormente são os canais de Streaming, onde por meio de uma base de dados reais do usuário, as ferramentas sabem o que indicar para cada pessoa assistir com base em seu comportamento e rastros deixados nas plataformas.

A tecnologia cognitiva, assim como a IA, tem como intuito entregar os melhores resultados, aproximando do pensamento humano. Esta ferramenta, por sua vez, utiliza melhor os dados e algoritmos recebidos, não precisando ser necessariamente dados exatos.

Portanto, a Inteligência Artificial é programada para imitar a capacidade humana de agir quando recebe um comando programado, enquanto a Computação Cognitiva tende compreender e simular o raciocínio humano recebendo dados complexos.

A principal semelhança entre os sistemas é o Machine Learning, o que significa que quando entra em contato com novas fontes de dados os softwares são capazes de aprender, mudar e desenvolver novas soluções por si mesmos. Neste caso, a Inteligência Artificial é programada para isso, diferente da Computação cognitiva.

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Quais as próximas tendências de AI para ficar de olho?

Descubra quais são as próximas tendências de AI para implementar no seu negócio! 

O que são dados sintéticos e qual a importância para uma estratégia de AI?

Descubra como os dados sintéticos se mostraram eficientes para múltiplas estratégias de AI corporativas: 

O que é AIOps e como a solução pode ser viável para as empresas?

Descubra quais são as principais características, diferenciais e métodos utilizados pela Inteligência Artificial para Operações de TI (AIOps).