<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON-COMSTOR
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é compliance digital e qual a importância?

Estar em conformidade com as normas e regras relacionadas a tecnologia da informação é indispensável para se manter no mercado.



As empresas estão investindo cada vez mais em tecnologia para atender às novas expectativas de seus clientes e se manter competitivas no mercado. A eficiência dos serviços prestados dependem do bom funcionamento dos sistemas e ferramentas de TI utilizadas.

É por isso que as empresas precisam garantir que toda a sua infraestrutura tecnológica funcione corretamente e sigam as normas de segurança voltadas para essa área.

Com o crescimento do fluxo de informações geradas e compartilhadas, aumenta ainda mais a necessidade de se controlar a rede corporativa e garantir que nenhuma irregularidade ou ação ilícita irá afetar os dados corporativos.

Nesse contexto, um conceito que tem se tornado cada vez mais fundamental para é o compliance digital. Ele refere-se às ações que as empresas precisam colocar em prática para estarem de acordo com as normas legais e regulamentos sobre tecnologia.

Seus clientes sabem o significado desse termo? Confira a seguir a importância que o compliance digital tem para os negócios. Boa leitura!

O que é compliance digital?

Compliance digital é um conceito que diz respeito ao conjunto de regras e ações internas que regulam as atividades desenvolvidas pelas empresas para estar em consonância com as normas vigentes e aplicáveis àquelas atividades desenvolvidas, no caso, referentes à tecnologia da informação.

Para desenvolver compliance digital, é fundamental criar rotinas de análises de riscos e adotar medidas preventivas. Desse modo é possível garantir a adequação da empresa às regras aplicáveis à TI.

A maioria das empresas está passando por muitas mudanças para se adaptar à Transformação Digital e, para isso, estão transformando seus processos para conseguirem atender às novas expectativas dos clientes e melhorar a velocidade e a eficiência na qual seus serviços são prestados.

No entanto, além de modificar suas operações, é necessário fazer alterações nos processos de negócios para atender aos novos requisitos regulatórios e garantir a conformidade da empresa.

Ao "estar em compliance" com as boas práticas e padrões existentes, a corporação garante o correto funcionamento de seus sistemas e a segurança de suas informações e de seus clientes. Isso fortalece sua imagem de confiança diante do mercado, agregando valor aos negócios.

Conheça nosso treinamento


Nesse sentido, para estar em conformidade digital, é necessário colocar algumas medidas importantes em prática no dia a dia da organização, tais como:

  • Realização de auditorias constantes para avaliar as tecnologias utilizadas e identificar o que necessita de maior atenção;
  • Verificação das licenças de uso contratadas e controlar a quantidade de usuários habilitados a utilizá-las;
  • Adequação das políticas de privacidade e termos de uso das ferramentas de TI disponibilizados pela empresa às legislações específicas, como a LGPD e GDPR;
  • Implementação de políticas internas de gestão dos recursos de TI.

A incorporação desses requisitos de conformidade nos processos digitais protege a organização de desvios e ameaças que possam comprometer sua atividade e imagem diante dos clientes.

Qual a importância do compliance digital?

A identificação em tempo real de não conformidade e prevenção de possíveis problemas é crucial para as empresas que querem adotar modelos de negócios digitais bem-sucedidos.

A adoção de políticas de compliance digital contribui diretamente para a construção de um ambiente empresarial mais seguro e eficiente, além de reforçar a transparência da corporação e passar confiança para os clientes e parceiros de negócio. Entenda melhor os benefícios a seguir:

Melhorias para o ambiente de trabalho

Ao implementar práticas regulatórias que garantam o cumprimento de leis e regulamentações, a empresa aumenta a segurança e eficiência de suas operações, pois as chances de ser penalizada por alguma conduta errada.

O compliance digital aprimora os processos e aumenta a qualidade e produtividade dos serviços prestados. Além disso, ele confere maior proteção ao ambiente virtual das organização, mantendo as ameaças distantes dos dados corporativos.

Otimização do relacionamento com fornecedores e clientes

Quando um empreendimento segue todos os regulamentos necessários para estar em total conformidade, ele passa uma melhor imagem a seus clientes, fornecedores e parceiros.

Por meio do compliance digital, é possível construir uma imagem de confiança e responsabilidade diante do mercado. Desse modo, a empresa otimiza suas relações de negócios, atraindo e retendo cada vez mais clientes e parcerias de sucesso.

Legitimação de investigações internas

Para garantir que todas as normas estão sendo seguidas por todos os seus colaboradores, é necessário que a empresa realize investigações internas. Em situações em que problemas e ações ilegais são detectadas, é necessário contar com regras bem estabelecidas.

Aquelas que possuírem um programa de compliance digital bem estruturado, podem legitimar suas investigações internas e se resguardar, garantindo que não há nenhum tipo de comprometimento pessoal nas fiscalizações.

Com a Lei Geral de Proteção prestes a entrar em vigor, o compliance digital se torna ainda mais crucial para a sobrevivência da empresa no mercado atual. Portanto, é necessário investir o mais rápido possível no desenvolvimento de um programa de compliance eficiente. Seus clientes já estão em conformidade? Ajude-os nessa missão!



Posts relacionados

Sua arquitetura de segurança está pronta para o SASE?

Com o aumento da adoção da Nuvem, as empresas precisam garantir a segurança e desempenho de usuários de onde quer que eles estejam. Por isso, é preciso adotar um modelo de proteção mais eficiente e moderno. 

Solução EDR: como ela funciona para proteger os endpoints corporativos?

Com o avanço da tecnologia e dos novos formatos de trabalho a distância, vieram também as evoluções dos ataques cibernéticos em redes corporativas.

Segurança da informação: como e por que gerenciar endpoints

Em tempos de home office, o cuidado com os dados corporativos deve ser redobrado. Saiba como seus clientes podem se proteger!

Escreva seu comentário