BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

O que é VoIP QoS e como pode melhorar a qualidade das chamadas corporativas?

Há sempre a possibilidade de melhorar as chamadas corporativas e proporcionar experiências mais agradáveis aos seus clientes. Conheça VoIP QoS e descubra como o método pode ajudar nisso! 

A telefonia virtual VoIP (Voice Over Internet Protocol) visa otimizar a comunicação interna e externa das empresas, assim como facilitar processos e auxiliar em outros aspectos.  

Com esse sistema, os colaboradores podem receber e realizar chamadas de qualquer lugar, e não mais, obrigatoriamente, na sede da corporação. 

Essa característica faz toda a diferença, principalmente com a adoção do modelo de trabalho híbrido, que oferece autonomia para as equipes trabalharem em ambientes diferentes.  

Todos esses motivos impulsionaram a implementação da telefonia virtual VoIP, sendo amplamente utilizada em muitas organizações e substituindo o uso do telefone fixo convencional. 

No entanto, assim como qualquer chamada de voz, as ligações VoIP podem apresentar problemas de qualidade de voz, mesmo que a plataforma digital esteja usando uma conexão de rede de alta velocidade. 

Muitas vezes, as ligações corporativas podem ser o primeiro canal de contato com um cliente, isso significa que falhas como essa podem ameaçar a credibilidade do negócio, passando uma imagem negativa. 

Qual a melhor maneira de solucionar situações como essa? É preciso dar prioridade para a qualidade da chamada, visando sempre aumentar a confiabilidade e promover a clareza que os clientes esperam. 

Para auxiliar nessa missão, há o VoIP QoS que é o método criado para priorizar o tráfego de rede e, desse modo, garantir um serviço de chamada mais consistente e livre de interferências. 

Leia mais sobre o assunto: 

O que é VoIP QoS? 

A sigla QoS significa “qualidade de serviço” da telefonia virtual e funciona como uma estratégia que visa dar prioridade ao tráfego de rede, proporcionando um serviço mais aceitável para os usuários. 

Há diversos fatores que podem influenciar negativamente nas chamadas telefônicas VoIP, tais como alta taxa de latência, atrasos, ecos e até mesmo "jitler" que é um atraso na entrega de dados em uma rede. Por isso, existe a necessidade de melhorá-las. 

Logo, nos referimos a uma boa alternativa para solucionar problemas de qualidade de áudio e garantir uma melhor experiência de contato, tanto entre colaboradores, como entre os clientes. 

A QoS dedica os recursos de rede com base no tipo de tráfego e no dispositivo, assim que as configurações acontecem, as corporações podem desfrutar de uma melhor qualidade de voz.  

 

 

Por que implementar VoIP QoS é uma estratégia crucial para empresas? 

As empresas usam o sistema VoIP para se comunicar em diferentes situações com seus clientes, fornecedores e colaboradores.  

Por meio de uma chamada telefônica virtual podem oferecer central de vendas, suporte ao cliente, executar entrevistas com funcionários, dentre muitos outros casos. 

Em vista disso, ligações com qualidade de áudio ruim, geram experiências ruins, impactando negativamente na expectativa e experiência dos usuários. 

Além disso, devido ao aumento da implementação do trabalho híbrido na pandemia, muitos colaboradores passaram a usar suas redes domésticas para utilizar o serviço de telefonia, que acaba competindo com outras plataformas e demandas regulares. 

Isso significa que saber como corrigir eventuais problemas é a chave para mover os negócios, especialmente porque a configuração de QoS consegue melhorar a qualidade das chamadas. 

Independentemente de qual seja o serviço de telefone VoIP adotado pelas empresas, implementar a QoS se torna indispensável, uma vez que visa ajustar a rede de modo adequado, promovendo melhor desempenho de voz sobre IP.  

Quais são as configurações recomendadas de VoIP QoS? 

  • Taxa de latência 

A latência mede a quantidade de atraso (tempo) que um pacote de dados leva para chegar ao endereço destinado.  

Todos os sistemas de telefonia virtual e redes possuem alguma taxa de latência. No entanto, os pacotes de dados de voz são sensíveis a atrasos superiores a 150 milissegundos em cada sentido.  

Com isso, a configuração de QoS deve se atentar a esse número e estabelecer parâmetros de taxa de latência que não ultrapasse esses valores para não prejudicar as chamadas. 

  • Jitter 

O jitter da rede está conectado a variação com atraso na entrega de dados em uma determinada conexão, ou seja, consegue medir a taxa de atraso, assim como a latência. 

Quando se trata de voz em tempo real, tais como nas chamadas telefônicas, os pacotes chegam fora de ordem como uma conexão de rede instável. 

O resultado disso é evidente: as ligações VoIP tornam-se ininteligíveis, atrapalhando a comunicação. Em vista disso, o jitter acima de 30 ms afetará substancialmente as chamadas de voz. 

Logo, no processo de configuração de QoS, vale a pena manter o jitter abaixo deste índice, a fim de evitar que interferências atrapalhem as ligações.  

  • Perda de pacotes 

A perda de pacotes indica o número de perdas após uma transmissão. No entanto, os dados de voz são altamente sensíveis a perda de pacotes. Com isso, qualquer coisa acima de 3% de perda de pacotes significa que a qualidade do áudio será significativamente reduzida. 

Sendo assim, durante a configuração, o ideal é manter a porcentagem de perda cada vez menor, proporcionando chamadas de voz melhores e evitando que a falta de qualidade interfira nos processos. 

Conclusão: 

As chamadas telefônicas VoIP são indispensáveis para muitas corporações que desejam oferecer um canal de atendimento facilitado aos seus clientes. No entanto, podem apresentar múltiplos problemas de qualidade, que precisam ser corrigidos o mais rápido possível. 

A QoS é uma estratégia que visa melhorar todos os aspectos das ligações de voz, proporcionando melhores experiências, tanto para as equipes internas, quanto para os usuários que buscam atendimento. 

Utilizando as configurações adequadas, as empresas podem usufruir das facilidades e benefícios proporcionados pelos serviços telefônicos, sem precisar lidar com chamadas de baixa qualidade.  

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.
Saiba mais

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Wi-Fi 6 e SD-WAN: qual a relação e por que são vitais para a Transformação Digital?

Descubra de que maneira o Wi-Fi 6 e SD-WAN se relacionam e podem ser cruciais para auxiliar as empresas rumo à Transformação Digital. 

O que é metaverso e como este conceito pode revolucionar os negócios na internet?

O propósito do metaverso é transformar o que era ficção científica em realidade, promovendo ambientes virtuais que podem ser acessados por meio de dispositivos de realidade virtual.  

VoIP vs. telefones fixos: qual sistema de telefonia é ideal para seus clientes?

Entenda as principais diferenças entre a telefonia VoIP e o sistema de telefonia convencional para designar qual é a melhor solução para o negócio do seu cliente!