BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

Por que a gamificação é uma ótima ferramenta para empresas?

A gamificação é uma tendência que chegou para transformar e modernizar as empresas. Descubra todo o poder deste conceito tecnológico! 

Os jogos eletrônicos fazem parte da nossa realidade desde 1971, quando surgiu o primeiro jogo de fliperama. Mais de 50 anos depois deste lançamento, eles ainda continuam sendo aclamados pela sociedade, com a exceção de que estão sendo cada vez mais aprimorados, seguindo os adventos da Transformação Digital. 

Metaverso, Inteligência Artificial e Gamificação, por exemplo, são conceitos que estão diretamente ligados aos games, visando aproximar os usuários da tecnologia e promover ambientes mais imersivos, amplos e cheios de oportunidades.  

Neste artigo, você acompanhará os seguintes tópicos: 

  • O que é gamificação?  
  • Por que a gamificação é importante para os negócios?  
  • Como a gamificação pode ser útil para as empresas?  
  • Exemplos de gamificação em grandes corporações  
  • Como implementar a gamificação? 

Acompanhe a leitura: 

O número de pessoas conectadas aos jogos virtuais cresce cada dia mais. Segundo a 9ª edição da Pesquisa Gamer Brasil (PGB), 3 em cada 4 brasileiros estão jogando algum game pelo seu celular, computador ou videogame. O percentual de pessoas jogando já atinge 74,5% da população do país. 

A pesquisa também indica que 2022 já é considerado um dos anos em que as pessoas mais jogaram videogame no Brasil, obtendo um aumento de 2,5% em relação ao ano anterior.  

Acompanhando esse número, as empresas enxergaram uma nova oportunidade e funcionalidade para aproveitar este hábito: utilizar a gamificação para proporcionar estratégias de otimização de negócios e gestão de inovação. 

A gamificação tem ficado cada vez mais popular entre as empresas, pois otimiza a relação com o cliente, ao mesmo tempo em que promove um melhor engajamento das equipes internas, motivando o crescimento pessoal e incentivando uma série de melhorias.  

Leia outros artigos relacionados à gamificação: 

Continue acompanhando o conteúdo abaixo para descobrir o que é gamificação nas empresas e como a tecnologia pode ser crucial para otimizar os negócios. 

O que é gamificação? 

A Gamificação ou Gamification, em inglês, é uma estratégia que consiste em utilizar jogos e suas diversas características para transformar tarefas simples em atividades entusiasmantes para atingir objetivos, gerar resultados, otimizar processos e ampliar a produtividade dos times. 

Há uma série de elementos que podem ser aproveitados, como: ranking, recompensas coletadas ao finalizar as missões, avatares, desafios e objetivos para cumprir determinadas ações, entre outros. 

É uma tecnologia que tem ajudado muitas empresas a caminharem rumo à maturidade digital, podendo implementar soluções melhores para engajar a audiência interna e externa.  

Por que a gamificação é importante para os negócios? 

A gamificação não é uma tecnologia que chegou para substituir todos os processos corporativos. Pelo contrário, visa complementá-los cada vez mais, otimizando resultados, modernizando negócios, motivando os times e moldando comportamentos, para obter um crescimento espontâneo e com maior potencial lucrativo. 

O mesmo entusiasmo de jogar em um momento de lazer pode ser aproveitado para estimular esse sentimento de satisfação no ambiente corporativo, enquanto as equipes estiverem realizando suas atividades do dia a dia.  

A pesquisa “The 2019 Gamification at Work Survey” da TalentLMS, ao entrevistar 900 funcionários, constatou que a gamificação os deixa mais produtivos (89%) e felizes (88%) no trabalho.  

Além disso, a tecnologia promove um impacto significativo no engajamento, motivação e psicologia dos colaboradores. 

Neste estudo, a TalentLMS também detectou que 83% dos colaboradores que recebem treinamento gamificado se sentem motivados, enquanto 61% daqueles que não recebem se sentem entediados e improdutivos. 

78% dos entrevistados também afirmaram que a gamificação no processo de recrutamento tornaria uma empresa mais desejável.  

Segundo levantamentos realizados pelo Gartner, ao menos 70% das maiores empresas do planeta já utilizam a gamificação em pelo menos uma aplicação corporativa.  

A tecnologia movimenta mais de US $5 bilhões no mundo, indicando que o investimento e implementação cresce gradualmente.  

Acelere a modernização da sua empresa!

Como a gamificação pode ser útil para as empresas? 

Veja algumas vantagens da gamificação: 

Colaboradores e clientes mais focados 

Todos os jogos, independentemente de seu formato (virtual, de tabuleiro, etc.), exigem que o jogador esteja focado para conseguir atingir seus objetivos e passar por todas as missões com êxito. Sendo assim, no ambiente corporativo, não há como ser diferente. A gamificação ajuda a manter os usuários mais focados e empenhados em cumprir suas tarefas.    

Otimiza processos  

A gamificação ajuda a otimizar processos, desde os mais simples até os mais complexos. A tecnologia se tornou uma tendência, principalmente, para modernizar a etapa de recrutamento e seleção de novos colaboradores, na tentativa de tornar o processo mais interessante.  

Promove mais engajamento e motivação   

Em um jogo é preciso seguir objetivos para cumprir todas as missões e coletar as recompensas prometidas. Na gamificação, os processos também funcionam deste modo.  

Contar com propósitos alinhados faz toda a diferença na execução das tarefas, ajudando a promover melhores resultados e manter seus colaboradores mais engajados. 

A gamificação não mantêm apenas os usuários mais envolvidos, como também melhora a força de trabalho.  

Em 2018, 85% dos entrevistados da pesquisa The 2019 Gamification at Work Survey ressaltaram que gastariam mais tempo em um aplicativo ou software graças aos elementos de gamificação. Em 2019, este número cresceu mais 4%.  

Além disso, estabelecer recompensas realistas e garantir que os funcionários estejam motivados a ganhá-las é fundamental para obter sucesso com esta tecnologia.  

Exemplos de gamificação em grandes corporações:  

Muitas companhias já usufruem dos benefícios proporcionados por este conceito. É o caso de empresas como: 

Starbucks  

O Starbucks, empresa multinacional norte-americana, dona da maior franquia de cafeterias do mundo, gamificou a maneira como seus clientes consomem seus produtos.  

Ao efetuar uma compra acima de R$2,50 usando um Starbucks Card Registrado, o usuário recebe uma estrela que é transformada em recompensa. Quanto mais estrelas forem colecionadas, mais prêmios poderão ser resgatados, muitos deles exclusivos e com disponibilidade limitada. 

Para coletar as recompensas é preciso acessar o serviço “Starbucks Rewards”, criar uma conta e ir colecionando os pontos. Os prêmios são definidos de acordo com a quantidade de estrelas do nível que o usuário atingiu.  

A promessa de oferecer vantagens exclusivas, com itens personalizados, influencia os usuários a consumirem cada vez mais, focando na expectativa e na recompensa que poderão receber.  

Nike 

A Nike, empresa que já carrega a cultura de motivar seus consumidores, utilizou a gamificação para fortalecer e aprimorar ainda mais este hábito, disponibilizando aplicativos esportivos como Nike Training Club e Nike Run Club 

Ao acessar esses aplicativos, os usuários são estimulados a praticarem esportes e alcançarem seus objetivos de condicionamento físico com opções de treinos específicos, desafios, planos de treinamento, acompanhamento com GPS e outras funcionalidades. 

Ao superar desafios, as pessoas vão conquistando recompensas e podem compartilhá-las com seus amigos, estabelecendo uma competição saudável entre eles.  

Deloitte Consulting 

O programa de treinamento Deloitte Leadership Academy (DLA) também utiliza a gamificação como aliada para treinar colaboradores e clientes. 

Ao implementá-la, incorporando missões, distintivos e tabelas de classificação, o número de visitantes no site da companhia cresceu, levando novos usuários a completarem os programas. O aumento de pessoas retornando ao site, a cada semana, foi de 37%. 

À medida que os alunos vão concluindo cada programa de aprendizado on-line, eles recebem um selo para marcar sua conquista. Há também algumas recompensas “secretas e imprevisíveis” que são debloqueadas ao atingir determinados objetivos para surpreender o usuário.  

Como implementar a gamificação? 

Para auxiliar as empresas que querem implementar a gamificação em seus negócios, o Gartner determinou os principais elementos que devem ser levados em consideração. Abaixo, veja como é possível adotar esta tecnologia nas companhias. 

  1. Aproveitando a mecânica dos jogos: é preciso adotar elementos como pontos, emblemas e tabelas de classificação, dentre outros recursos comuns em muitos games.
  2. Promovendo experiências satisfatórias: o design da experiência descreve a jornada dos jogadores, introduzindo recursos importantes, como melhor jogabilidade, espaço de jogo e enredo.
  3. Investindo em engajamento digital: embora a gamificação preencha muitas lacunas, é um método de engajamento digital e não pessoal. Isso significa que os usuários precisam interagir com equipamentos tecnológicos (computadores, smartphones e outros dispositivos), ao invés de interagir pessoalmente com alguém.
  4. Motivando as pessoas: o principal objetivo da gamificação é motivar a mudança de comportamento dos usuários, assim como desenvolver habilidades e impulsionar inovações. Sem esse propósito, não há como obter sucesso adotando esta solução.
  5. Se concentrando em permitir que os jogadores atinjam seus objetivos: ao manter os objetivos organizacionais claros, concretos e alinhados aos objetivos dos jogadores, as empresas também conseguem atingir seus propósitos, baseando-se na jornada do usuário.   

Além das considerações feitas pelo Gartner, há também outros aspectos que devem ser considerados, como: 

  • Realizar um diagnóstico do público-alvo; 
  • Reconhecer as limitações, comportamentos e habilidades dos usuários; 
  • Identificar qual é a melhor abordagem para auxiliar o público; 
  • Definir o propósito do game; 
  • Mensurar resultados; 
  • Estabelecer metas.  

Conclusão: 

A gamificação é uma tendência que promete se fortalecer cada vez mais no mercado, promovendo mudanças significativas para tarefas internas e externas. O conceito ajuda a identificar comportamentos, otimizar atividades e utilizar métodos mais interativos, dinâmicos e ágeis para motivar a realização de funções nas corporações. Implementar esta tecnologia significa modernizar processos e encontrar na tecnologia, novas maneiras de dar continuidade aos negócios em uma era amplamente tecnológica. 

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

5 tecnologias que possibilitam uma cidade inteligente

Para que uma cidade inteligente funcione, ela precisa contar com uma série de tecnologias aprimoradas. Leia o artigo e saiba quais são elas: 

O que é Comunicações Unificadas como Serviço (UCaaS) e quais os benefícios para as empresas?

Estimativas apontam que o mercado de comunicações unificadas como serviço (UCaaS) deve ultrapassar US$ 100 bilhões até 2024! Saiba mais sobre esta estratégia:  

IoT e dados de fabricação: melhores práticas para utilizá-los adequadamente!

A IoT se tornou uma das tecnologias mais importantes da atualidade. No entanto, ainda há desafios a serem enfrentados.