<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

BLOG SYNNEX WESTCON-COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

6 dicas para implementar uma SD-WAN segura para as empresas

As empresas precisam investir em recursos aprimorados para garantir a proteção de seus negócios. Leia o artigo para descobrir como manter a SD-WAN segura! 

Com a Transformação Digital acelerando notavelmente, as empresas têm buscado implementar ferramentas inovadoras, como as soluções de SD-WAN (Software-Defined Wide Area Network). 

Elas permitem que as divisões das empresas e os usuários remotos tenham uma experiência de conectividade unificada. Um ponto positivo, visto que a pandemia da covid-19 trouxe uma ampla necessidade de manter os colaboradores conectados de qualquer lugar, a qualquer hora.  

SD-WAN é uma tecnologia avançada, inovadora e inteligente, capaz de transformar os recursos das empresas utilizando a WAN corporativa e, consequentemente, a conectividade em multinuvem. 

O propósito dessa tecnologia é oferecer um desempenho de alta velocidade para aplicações na borda WAN das filiais, assim como otimizar os processos, simplificar tarefas e muito mais, por meio de uma seleção dinâmica de caminhos.  

São consideradas alternativas cada vez mais necessárias, à medida que as corporações buscam conectividade escalável, flexível e rápida entre diferentes ambientes de rede.  

Além disso, a SD-WAN também reduz o custo total de propriedade (TCO), preservando a experiência do usuário.  

No entanto, apesar de seus diferenciais, assim como qualquer outra tecnologia em constante avanço, as soluções de SD-WAN não estão isentas de desafios de segurança.  

Segundo uma pesquisa realizada pelo Gartner, 72% das empresas consideram a segurança uma das principais preocupações quando o assunto é a implementação da SD-WAN.  

Em meio a esse desafio, a falta de ferramentas de segurança incorporadas na maioria das soluções de SD-WAN aponta que as empresas são obrigadas a construir sua própria estratégia de defesa.  

Nesse caso, quais são as melhores maneiras de manter as soluções de SD-WAN realmente seguras? Para descobrir, continue acompanhando o conteúdo abaixo: 

Seis maneiras de manter as soluções de SD-WAN seguras 

1. Estabelecer estratégias mais abrangentes 

Antes de mais nada, ao invés de implantar duas soluções diferentes de WAN (para conectividade e para segurança), as empresas precisam considerar a criação de uma estratégia integrada. 

Desta forma, as corporações podem aproveitar capacidade de segurança superior e conectividade de rede em um só sistema, de modo rápido, prático e mais flexível. 

Por meio dessa estratégia é possível garantir que a proteção de dados se adéque automaticamente às alterações de rede, pois fazem parte do mesmo sistema de controle. 

Assim, as políticas podem ser gerenciadas, aprimoradas e orquestradas com base no mesmo controle de gerenciamento integrado.  

Enquanto isso, os conflitos de configuração também podem ser identificados e abordados de modo automático, cumprindo os requisitos regulatórios que abrangem conexões de rede e segurança.  

2. Investir em soluções integradas

Grande parte das soluções de SD-WAN não estão livres dos riscos de segurança, por isso, para obter sucesso adotando essa tecnologia, é preciso investir em segurança integrada. 

Em razão da alta escalabilidade da SD-WAN e da implementação de manutenção de uma segurança sobreposta ser mais onerosa, sem as soluções integradas, pode ser que as empresas sofram com atrasos na reação às mudanças na conectividade, deixando-as mais vulneráveis. 

Os sistemas integrados oferecem conectividade de SD-WAN, funções de gerenciamento de tráfego e função de segurança avançada como uma solução única e diferenciada. 

3. Contar com criptografia avançada

Em consequência do aumento significativo de dispositivos conectados à aplicativos SaaS, muitos links de banda larga conectados à rede principal são gerados dia após dia.   

Diante disso, as conexões aumentam a vulnerabilidade da rede, abrindo portas para que as ameaças virtuais entrem e desfrutem das informações integradas. 

Pensando nesses aspectos, as soluções de SD-WAN contam com alta mobilidade e possuem vários recursos para assegurar que os dados corporativos sejam acessados apenas por aqueles que possuem autorização. 

Logo, as soluções de VPN para aumentar a proteção dos dados corporativos, ficam cada vez mais indispensáveis para as organizações.  

4. Utilizar firewall para proteger a rede

Outro modo de manter a SD-WAN segura é por meio da adoção de soluções aliadas a um firewall, o qual mantém uma monitoria constante sobre os canais de comunicação.  

Dessa maneira, as organizações podem adotar ações, recursos e ferramentas que evitam prejuízos, ataques cibernéticos e invasões, além de otimizar a qualidade das transmissões. 

5. Monitorar o alto volume de tráfego criptografado

Diante do alto índice de tráfego criptografado, muitos cibercriminosos conseguem se infiltrar nos caminhos criptografados, dificultando a identificação das ameaças virtuais. 

Por isso, investir em recursos básicos de segurança não é suficiente. As organizações necessitam de NGFW de alto desempenho para inspecionar o tráfego em velocidade de rede, garantindo melhor controle de informações. 

6. Garantir que as conexões e aplicativos sejam verificados

As organizações devem garantir que os aplicativos SaaS e as conexões sejam verificadas, assim como os métodos sejam avaliados e o tráfego seja inspecionado cuidadosamente.  

Além disso, com a conectividade devidamente segura, ela também pode ser capaz de adaptar-se efetivamente e acompanhar as mudanças dinâmicas da rede.  

Por consequência, todas as soluções de SD-WAN devem incluir recursos de segurança a nível corporativo, acompanhando anti-malware, IPS e outros métodos de proteção. 

Em conclusão, a SD-WAN tende a ser parte crucial da Transformação Digital, impactando positivamente as empresas, desde que seja implementada da maneira adequada, com todos os recursos de segurança necessários para proteger os dados, processos e demais informações.  

É imprescindível que haja investimento em alternativas integradas para facilitar, simplificar e complementar à arquitetura já existente de SD-WAN. Desse modo, as organizações podem aproveitar tudo o que essa solução tecnológica tem a oferecer, sem preocupações.  

Posts relacionados

Ataques hackers crescem com home office: como proteger empresas?

A pandemia fez disparar o número de pessoas trabalhando no modelo home office, assim como também aumentou de forma expressiva, sobretudo no Brasil, os ataques hackers às empresas e seus funcionários.

Cibersegurança: como evitar ameaças virtuais no e-mail corporativo?

90% das violações começam pelos e-mails, por isso, adotar ferramentas adicionais para mantê-los em constante segurança faz toda a diferença! 

Guia de cibersegurança: como e por que revisar as estratégias de proteção da Nuvem corporativa?

É extremamente importante revisar as estratégias de segurança em nuvem para assegurar que os processos e dados corporativos estão realmente protegidos! 

Escreva seu comentário