BLOG TD SYNNEX
O blog dos negócios de TI.

Gestão de risco de data center: 4 passos para ser bem-sucedido

Acompanhe o passo a passo para promover uma gestão de risco de data center bem-sucedida nas empresas:  

Os Data Centers continuam sendo críticos para as corporações. Além disso, é um sistema que está prosperando ao lado da Nuvem, da Internet das Coisas (IoT) e de tantas outras tecnologias que surgiram com a Transformação Digital. No entanto, o nível de complexidade dos data centers está aumentando, assim como os ataques virtuais. 

Neste artigo, você acompanhará os seguintes tópicos: 

  • O que é gestão de riscos?  
  • 4 passos para estabelecer uma melhor gestão de risco de data center 

Continue a leitura. 

As ameaças contra os data centers estão aumentando e essas violações de segurança podem ser altamente prejudiciais e, muitas vezes, irreversíveis para as empresas. Por isso, é preciso se proteger e estabelecer uma gestão de risco adequada para barrar ataques. 

Segundo o "Relatório do Custo de uma Violação de Dados 2021" da IBM, que combina os resultados de 537 organizações em 17 países e regiões e 17 setores para fornecer médias globais, o custo total médio de uma violação de dados aumentou quase 10% ao longo dos anos, o maior aumento de custo em um único ano nos últimos 7 anos. Subiu de US$ 3,86 milhões para US$ 4,24 milhões. 

Além destas informações, o estudo também destacou que as empresas levaram, em média, mais de 200 dias para identificar e conter a violação de dados. Quanto mais tempo levou para identificar e conter as ameaças, mais caro foi o custo, atingindo, em média, US$4,87 milhões.  

Dentre as empresas que participaram do estudo, apenas 20% implementaram a confiança zero para mitigar os riscos. Uma margem muito baixa para identificar crises.   

Leia outros artigos relacionados à gestão de riscos: 

Pensando no gerenciamento de risco de data center, quais são os passos para ser bem-sucedido? A seguir, saiba mais sobre o assunto e veja o que as corporações devem fazer para identificar e mitigar os riscos nas operações corporativas: 

O que é gestão de riscos? 

Uma corporação pode estar suscetível a diversas ameaças, sejam elas cibernéticas ou físicas. Com base nessa questão, surgiu o termo "gestão de riscos”. 

Diz respeito às políticas criadas com o propósito de controlar e mitigar vulnerabilidades que podem prejudicar as empresas de alguma maneira. 

É uma prática utilizada para identificar perigos e trabalhar com medidas efetivas para eliminá-los antes que provoquem danos.  

A gestão de riscos de data center deve ser criada pensando não apenas no departamento de TI, mas em todas as equipes corporativas.  

Faça o curso no KNOW!

4 passos para estabelecer uma melhor gestão de risco de data center:

1. Reconhecer riscos

Para garantir que a gestão de risco de um data center seja efetiva e abrangente, é preciso reconhecer quais são os riscos que podem prejudicá-lo. Abaixo, listamos três aspectos que podem abrir brechas para que as violações de segurança aconteçam: 

Falta de segurança física — A segurança física é constantemente ignorada e “esquecida” pelos profissionais. No entanto, controlar e estabelecer acesso restrito aos servidores é crucial para manter os dados protegidos contra roubo de hardware, espionagem corporativa e ataques maliciosos. O ideal é equilibrar a segurança física com a segurança lógica para manter os processos em segurança. 

Planejamento de recuperação de desastre mal estruturado É de suma importância arquitetar um plano preventivo de recuperação de desastres para não perder informações, caso ocorra uma violação de segurança. 

Segurança de TI ineficiente A equipe de TI precisa estabelecer estratégias aprimoradas para conter ameaças virtuais que possam chegar aos data centers, não somente para proteger a integridade das informações, mas também por que as violações de segurança geralmente estão atreladas a prejuízos financeiros cada vez mais altos. Os responsáveis pela proteção dos dados devem certificar-se de que todas as ferramentas funcionem apropriadamente.  

Não esqueça de realizar uma avaliação de risco de data center para identificar quais pontos merecem mais atenção.

2. Estabelecer um plano de gerenciamento de risco 

Ações maliciosas costumam interromper processos, roubar dados sigilosos e levar à perda de receita. Em vista disso, as corporações precisam estabelecer um plano de gerenciamento de risco para lidar com qualquer situação. 

Esta estratégia une diversas políticas, práticas e processos para identificar, analisar e deter ameaças. Também funciona como um plano de ação para melhorar a tomada de decisões frente aos riscos que podem atingir o data center. 

O plano de gerenciamento de riscos é essencial para administrar processos, analisar recursos corporativos (internos e externos) e estabelecer melhores práticas para reconhecer riscos e ficar preparado para contê-los adequadamente.   

Leia outros artigos relacionados ao assunto:  

3. Acompanhar as tecnologias que estão surgindo

A Transformação Digital está em constante evolução. Isso significa que as tecnologias estão sendo cada vez mais aprimoradas para atender às demandas corporativas. 

Em vista disso, estar atento às eventuais mudanças e inovações que estão surgindo no mercado pode ser um diferencial para as empresas que desejam trabalhar com mais segurança no data center. 

Para acompanhar as novas tecnologias e possíveis tendências para o futuro, as equipes de TI devem frequentar conferências, participar de treinamentos, fazer relatórios e acessar outros materiais oficiais. 

4. Treinar a equipe corporativa 

Embora sejam os CIOs os grandes responsáveis por lidar com as ameaças virtuais, se o objetivo de uma corporação é fortalecer sua infraestrutura de TI, o time corporativo inteiro deve contribuir para mitigar os riscos. 

Técnicos, colaboradores, profissionais de operações e todos que trabalham com os servidores, devem participar de treinamentos para conhecer as políticas de segurança adotadas pela empresa. 

Treinamentos, palestras e cursos são recomendados para direcionar os colaboradores às boas práticas de segurança de data center. 

Conclusão: 

As informações armazenadas nos servidores ganham mais valor à medida que as empresas enxergam um aumento significativo de dados para administrarem seus negócios.  

No entanto, esse crescimento de dados trouxe consigo um aumento expressivo de ameaças virtuais contra empresas, em que o data center tende a ser um dos principais alvos. 

Em virtude disso, as corporações devem estar cientes dos riscos e investir cada vez mais na gestão de risco se quiserem manter seus processos protegidos.  

É fundamental contar com esses e outros passos para desenvolver, implementar e executar uma estratégia de proteção adequada aos data centers.   

80f01a82-lp-digital-02_10000000lr0gn000000028
ESPAÇOS DE TRABALHO DIGITAIS. CONHEÇA TUDO SOBRE ESTA NOVA ESTRATÉGIA COLABORATIVA.

Escreva seu comentário

Posts relacionados

Data Center do futuro: conheça 6 tendências

Para manter as infraestruturas corporativas funcionando com alto desempenho é necessário acompanhar todas as novidades que surgem no mercado.

5 dicas para fazer uma boa gestão do Data Center de seus clientes

Saiba quais medidas são importantes para aprimorar o monitoramento dessa infraestrutura e obter maiores resultados nos negócios.

Data centers: um mercado de US$ 200 bilhões só em 2021

Gastos do usuário final com infraestrutura global de data center devem crescer 6% em comparação a 2020, com planos de expansão subindo até 2024.